Formulações Eficazes na Dor Neuropática em Cães

Estudos Científicos
05/jan/2022

Opções de Analgésicos, Anti-inflamatórios, Anticonvulsivante e Antidepressivo

Dor Neuropática

Características

 

É amplamente aceito o conceito que os animais sentem dor. Os mecanismos fisiológicos são similares aos do homem e há uma grande dificuldade em sua identificação, principalmente em processos crônicos, onde há adaptação do organismo.

 

Dor Neuropática

A dor neuropática é uma dor crônica causada por uma consequência direta de lesão ou disfunção dos axônios ou corpo dos neurônios, o que resulta em interrupção da bainha de mielina no sistema nervoso periférico e central.


Diversas condições podem fazer com que cães e gatos adquiram dor neuropática, como:


® Trauma acidental e cirúrgico, hérnia inguinal, fraturas pélvicas, amputações (dor fantasma), cistite intersticial felina, lesões na medula espinhal, hérnia de disco intervertebral, neuropatias diabéticas, tumores no sistema nervoso central, entre outras;


® A dor neuropática também pode ser de origem visceral como na cistite intersticial felina (FIC) (BACKONJA, 2003).


Sinais em Pacientes Veterinários

®     Reação alterada ao toque;

®     Vocalização na ausência de um estímulo doloroso aberto;

®     Riscagem fantasma;

®     Lamber excessivamente ou automutilação e claudicação
persistente/redução do peso em um membro;

®     Diminuição do nível de atividade geral;

®     Relutância em escalar ou descer escadas;

®     Comportamento de salto diminuído;

®     Dificuldade em surgir de uma posição de assento;

®     Problemas para entrar e sair do carro;

®     Mudanças na postura corporal;

®     Comportamento alterado ou apetite.


Dor de Cabeça

Cerca de 2% da população em geral são acometidos pela migrânea crônica. A debilitação causada pela enxaqueca estimula a busca de novas estratégias terapêuticas, pois os pacientes relatam alta insatisfação com as terapias convencionais e os efeitos colaterais originados delas.

BAIXE agora o E-book gratuito!

Preencha o formulário abaixo para fazer download do material

Ao baixar este material você concorda com nossas Políticas de privacidade
A Consulfarma solicita sua coleta de dados para identificação do usuário com a finalidade de entrarmos em contato para fornecermos mais detalhes relacionados ao tema do material gratuito, com base-legal por legítimo interesse conforme a nova lei LGPD. Estes dados não serão utilizados para envio de SPAM.


Estudo Comprova 

Amitripitilina é Eficaz na Redução da Dor em Cães

 

A utilização de adjuvantes como gabapentina e amitriptilina por via sistêmica é uma ótima opção no tratamento analgésico de síndromes dolorosas crônicas que culminam com hiperalgesia e alodinia, com baixa incidência de efeitos colaterais.

Portanto, este estudo teve o intuito de avaliar a ação analgésica da administração de isolada de gabapentina ou amitriptilina em cães portadores de dor crônica de qualquer etiologia que não oncológica (FIGUEIREDO, 2012 ).


Resultados:

ü  Os resultados foram analisados estatisticamente pelo teste de Wilcoxon para dados não paramétricos;

ü  Não foram observados efeitos adversos relacionados durante o período do estudo.

 

Conclusão:

Com base nos resultados obtidos, pôde-se concluir que o uso isolado da gabapentina e da amitriptilina promove melhora na qualidade de vida e redução dos escores da ENV em cães portadores de dor crônica neuropática, apesar de demonstrarem resultados ainda melhores como parte de um protocolo de analgesia multimodal. A amitriptilina demonstrou-se superior, pois os componentes de seu grupo não necessitaram de resgate e obtiveram maior redução de escores de dor na ENV e alodinia e melhores índices de qualidade de vida. Os animais pertencentes ao grupo da gabapentina não apresentaram melhora significativa nos parâmetros observados.


Referências:

BACKONJA, M. M. Defining neuropathic pain. Anesth Analg, 97, n. 3, p. 785-790, Sep 2003.

FIGUEIREDO, R. C. C. Avaliação comparativa da ação da gabapentina ou amitriptilina sobre o controle dador neuropática de origem não-oncológica e sobre os níveis séricos de interleucina-6 (IL-6) e TNF-a em cães [dissertação]. São Paulo:: Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia 2012 

17º Congresso Consulfarma

O maior evento magistral do mundo vem aí. Esse ano, o principal foco é o apoio e incentivo à ciência.

Pré-Inscrições - Clique aqui!

Autor(a)

Equipe Técnica Consulfarma
Equipe Técnica Consulfarma
Conhecimento

Nossa equipe quer muito dividir conhecimento com você, por isso postaremos por aqui assuntos relevantes para compartilhar tudo aquilo que é relevante para o mercado magistral. Aproveite!

Compartilhe este Post
Consulfarma Ads
Copyright © 2022 - Todos os Direitos Reservados. Confira nossa política de privacidade