Simbiótico é Benéfico para Pacientes Obesos ou com Sobrepeso

Estudos Científicos 30/mar/2021

Entenda a ação do simbiótico em pacientes na luta contra a obesidade

Simbióticos

Melhoram Parâmetros Psicológicos e Metabólicos

Evidências indicam que alterações diversas na composição do microbioma intestinal podem desempenhar um papel fundamental na progressão da obesidade.

Probióticos: Podem contribuir para o gerenciamento da obesidade e suas complicações por influenciar a função e abundância da microbiota intestinal.

Prebióticos: Podem melhorar a proliferação de probióticos, resultando em alterações sustentáveis no microbioma humano.

Assim, a combinação de prebióticos e probióticos (simbióticos) promove uma terapia eficaz e sinérgica para desordens metabólicas (HADI; SEPANDI; MARX; MORADI et al., 2019).

Mecanismo de Ação dos Probióticos na Obesidade

1.    Redução da Translocação de Lipopolissacarídeos

2.    Redução de Citocinas Inflamatórias


  • Melhora da Homeostase da Glicose

  • Melhora da Inflamação

  • Redução do Peso e Massa Gorda

  • Proteção Contra o Estresse Oxidativo

Além disso, tem sido hipotetizado que diferentes espécies microbianas poderiam modular a composição de ácidos graxos em tecidos cruciais para o metabolismo do hospedeiro (GOMES; DE SOUSA; BOTELHO; GOMES et al., 2017).

 

Mecanismo de Ação dos Probióticos em Parâmetros Psicológicos

Recentemente, alguns estudos têm demonstrado a relação da microbiota intestinal na depressão, no qual regula o metabolismo de triptofano de forma direta, reduzindo a atividade de enzimas responsáveis pela degradação do triptofano pela via quinurennina, ou indireta, sintetizando triptofano através de enzimas, como triptofano sintase (KAZEMI; NOORBALA; AZAM; ESKANDARI et al., 2019).


Estudo Comprova

Simbiótico é Benéfico para Pacientes Obesos ou com Sobrepeso

Esse estudo randomizado, duplo-cego e placebo-controlado teve como objetivo avaliar os efeitos de uma suplementação simbiótica nos índices antropométricos, perfil glicêmico e lipídico, pressão arterial e estado psicológicos em adultos obesos ou com sobrepeso (HADI; SEPANDI; MARX; MORADI et al., 2019).

Resultados:

ü  O grupo simbiótico demonstrou uma redução significativa do peso corporal, triglicerídeos, níveis de colesterol total, LDL-c, estresse, ansiedade e depressão quando comparado ao placebo.

Conclusão:

Foi possível concluir que a suplementação simbiótica pode ser benéfica, no qual melhora os triglicerídeos, colesterol total, LDL-c, peso corporal, estresse, ansiedade e depressão em indivíduos com sobrepeso ou obesos.


Referências:

HADI, A.; SEPANDI, M.; MARX, W.; MORADI, S. et al. Clinical and psychological responses to synbiotic supplementation in obese or overweight adults: A randomized clinical trial. Complementary Therapies in Medicine, 47, p. 102216, 10/01 2019.


à Essa tecnologia pode ser encontrada em farmácias de  manipulação.

Distúrbios da Enxaqueca

Curso ao vivo sobre Distúrbios da Enxaqueca para Médicos de todas as especialidades, nutricionistas, farmacêuticos, gestores de farmácias magistrais, fisioterapeutas, dentistas, biomédicos, entre outros profissionais que têm contato com o público sujeito a episódios de enxaqueca.

Inscreva-se

Autor(a)

Equipe Técnica Consulfarma
Equipe Técnica Consulfarma
Conhecimento

Nossa equipe quer muito dividir conhecimento com você, por isso postaremos por aqui assuntos relevantes para compartilhar tudo aquilo que é relevante para o mercado magistral. Aproveite!

Compartilhe este Post
Consulfarma Ads
Copyright © 2021 - Todos os Direitos Reservados. Confira nossa política de privacidade