Uso de Lactobacillus rhamnosus na Dermatite Atópica Infantil

Estudos Científicos
06/jan/2022

Melhora os Escores que Medem a Gravidade da Doença

Suplementação de Lactobacillus na Dermatite Atópica Infantil 

Promove Melhora nos Escores que Medem a Gravidade da Doença

 

A dermatite atópica é uma doença inflamatória crônica ou recidivante da pele, que tem início na primeira infância, com períodos de exacerbações, alternando com remissão em vários graus. Todos os grupos etários são afetados, no entanto, entre lactantes e crianças predomina-se a forma aguda da doença com a presença de eritema, prurido intenso e bolhas que, em geral, aparecem no couro cabeludo, face, se estendendo para superfícies dos membros superiores e inferiores. Sintomas característicos incluem pele ressecada e prurido, o que causa escoriações no tecido, afetando, substancialmente, a qualidade de vida do paciente e seus familiares. A barreira epidérmica em pacientes com dermatite atópica (DA) é deficiente em ceramidas e catelicidinas. Esses defeitos epidérmicos podem ser um fator desencadeante da DA.


Probióticos e Dermatite Atópica

Dentre as várias utilidades dos probióticos, pode-se citar a capacidade de equilibrar a microbiota intestinal, restaurando a permeabilidade intestinal normal, melhorar a função imunológica da barreira intestinal e diminuir a produção de citocinas pró-inflamatórias. Além disso, sugere-se que os efeitos benéficos de probióticos contra doenças atópicas estejam associados com a estimulação dos receptores Toll-like (TLRs).

 

As células epiteliais do intestino produzem vários receptores padrões de reconhecimento aos antígenos microbianos, também chamados de padrões moleculares associados a patógenos (PAMPs). Além disso, os probióticos melhoram a barreira da mucosa intestinal, impedindo a passagem dos antígenos para a corrente sanguínea. A modulação direta do sistema imunológico pode ser secundária à indução de citocinas anti-inflamatórias ou pelo aumento da produção de IgA secretora.


Dor de Cabeça

Cerca de 2% da população em geral são acometidos pela migrânea crônica. A debilitação causada pela enxaqueca estimula a busca de novas estratégias terapêuticas, pois os pacientes relatam alta insatisfação com as terapias convencionais e os efeitos colaterais originados delas.

BAIXE agora o E-book gratuito!

Preencha o formulário abaixo para fazer download do material

Ao baixar este material você concorda com nossas Políticas de privacidade
A Consulfarma solicita sua coleta de dados para identificação do usuário com a finalidade de entrarmos em contato para fornecermos mais detalhes relacionados ao tema do material gratuito, com base-legal por legítimo interesse conforme a nova lei LGPD. Estes dados não serão utilizados para envio de SPAM.


Estudo Comprova

L. rhamnosus Auxilia no Tratamento da Dermatite Atópica em Crianças

 

Estudo conduzido por Jeong et al. (2020) avaliaram os efeitos terapêuticos da suplementação de Lactobacillus rhamnosus em crianças com dermatite atópica. 


Resultados:

 

Ø  As modificações nos escores do SCORAD (Scoring Atopic Dermatitis) após 12 semanas de tratamento foram significativamente mais elevados no grupo tratado com Lactobacillus (-13,89) comparado com o grupo placebo (-8,37);

Ø  Os níveis da proteína catiônica eosinofílica (ECP) e das interleucinas (IL) – 31 mostraram tendência de diminuição no grupo 1 e reduziram de maneira significativa nas análises de subgrupos. A proteína catiônica eosinofílica, também conhecida como ribonuclease-3, é uma proteína básica localizada na matriz primária dos eosinófilos. Nos seres humanos, a proteína catiônica eosinófila é codificada pelo gene RNASE3. O ECP é liberado durante a desgranulação de eosinófilos;

Ø  Em relação às análises de segurança, os parâmetros avaliados ficaram próximos nos dois grupos.


Conclusão:

Em crianças com dermatite atópica moderada, a administração oral de probiótico mostrou efeitos terapêuticos positivos, em partes os efeitos estavam correlacionados com a diminuição de ECP e IL-31.


Referência: 

JEONG, K. et al. A randomized trial of Lactobacillus rhamnosus IDCC 3201 tyndallizate (RHT3201) for treating atopic dermatitis. Pediatr Allergy Immunol. 2020 May 4. doi: 10.1111/pai.13269. [Epub ahead of print]

17º Congresso Consulfarma

O maior evento magistral do mundo vem aí. Esse ano, o principal foco é o apoio e incentivo à ciência.

Pré-Inscrições - Clique aqui!

Autor(a)

Equipe Técnica Consulfarma
Equipe Técnica Consulfarma
Conhecimento

Nossa equipe quer muito dividir conhecimento com você, por isso postaremos por aqui assuntos relevantes para compartilhar tudo aquilo que é relevante para o mercado magistral. Aproveite!

Compartilhe este Post
Consulfarma Ads
Copyright © 2022 - Todos os Direitos Reservados. Confira nossa política de privacidade